quinta-feira, 30 de setembro de 2010

"Educação Para Transformação

V SEMANA DA EDUCAÇÃO da Faculdade de Educação da Unicamp

Este ano o tema da Semana da Educação é "Educação Para Transformação" e acontecerá de 4 a 9 de outubro de 2010.

As inscrições (gratuitas) estarão abertas no período de 20/9 a 1/10.

Inscrições: http://cap-unicamp.webnode.com.br/semana2010/

SEGUNDA ? 04/10

9h ? Credenciamento: todos os participantes devem comparecer ao credenciamento para confirmação da sua inscrição, recebimento do kit de materiais e instruções para participação no evento.

LOCAL: Centro Acadêmico de Pedagogia (CAP) ? atrás da cantina da Faculdade de Educação (FE).

14h ? Mesa de abertura: ?Educação Para Transformação?

EMENTA: A sociedade capitalista impõe hoje mais do que nunca sua visão de mundo e empurra cada vez mais nossa sociedade para uma lógica mercadológica onde a dimensão humana é esquecida. Contudo, cabe a nós educadores o papel de pensar a educação como instrumento de transformação da sociedade e dos sujeitos. E é retomando as idéias de Paulo Freire e Maurício Tragtemberg que buscamos subsídios à essa discussão.

Prof. Dr. Roberto Leher (FE ? UFRJ)

Prof. Dr. Carlos Rodrigues Brandão (IFCH ? Unicamp)

Profa. Dra. Doris Acciolly (FE ? USP)

LOCAL: Salão Nobre da FE

19h - Atividade Cultural (programação e local a confirmar)

TERÇA ? 05/10

9h ? Mesa: "Pedagogia do Infinito: caminhos para a educação do Ser integral"

EMENTA: Apresentamos nesta mesa uma educação que considera e trabalha aspectos que vão além das questões materiais. Dessa forma, além de buscar desenvolver o corpo, busca também o pleno desenvolvimento da alma e do espírito, sendo portanto trabalhada a transformação através da espiritualização, independente de religião. Possui uma iniciativa de admitir princípios morais ligados à transcendência do ser, propondo que se busque sair da perspectiva materialista e imediatista, tendo como bandeira a reforma íntima de seus educadores, refletindo assim no desenvolvimento de seus educandos. Trabalhando principalmente no educando a cooperação, a busca pelo autoconhecimento, a verdade e a moral, alimentando ainda o sentimento de empatia (capacidade de se colocar no lugar do outro), esta dimensão constrói um coletivo mais humano, pois o que está no singular se mostrará, também, no plural. Pessoas conscientes e humanas transformarão seu coletivo em consciente e humano. Este é o estandarte da Pedagogia do Infinito. Nesta mesa, a Fundação Bezerra de Meneses mostrará a Pedagogia Integrada e sua forma de atuação na transformação social. A pedagogia Waldorf apresentará um pouco da Antroposofia, filosofia na qual se sutenta, e apontará aspectos essenciais para a educação do ser Integral.

Fundação Bezerra de Menezes

Representante da pedagogia Waldorf

LOCAL: Salão nobre da FE (Prédio Principal)

14h  - Oficina de iniciação ao teatro, com Valdirene Rodrigues

Duração: 3h

Número de vagas: 30

LOCAL: sala ED03 (prédio Anexo)

14h ? Oficina de Massoterapia e Relaxamento, com Caroline Florido

Duração: 3h

Número de Vagas: 15

LOCAL: sala LL08 (prédio principal)

14h ? Oficina de Encadernação, com Carolina Tiemi Odashima e Laura Francozo

Nesta oficina os alunos aprenderão a técnica de encadernação com a lombada aberta ("coptic stitch"). Os materiais serão disponibilizados pela organização, com a exceção do tecido para encapar. É necessário que cada aluno traga um pedaço de tecido de aproximadamente 30x40 cm.

Duração: 3 horas

Número de vagas: 10

LOCAL: ED04 (Prédio Anexo)

14h ? Oficina de brinquedos e brincadeiras para bebês e crianças pequenininhas, com Beatriz Ruela

Duração: 3h

Número de Vagas: 30

LOCAL: ED01 (Prédio Anexo)

14h ? FILME * Título à Confirmar

LOCAL: ED02 (prédio anexo)

19h ? Mesa: "A transformação começa desde pequeno: A Educação Infantil em debate"

EMENTA: A LDB de 1996 define a Educação Infantil como primeira etapa da educação Básica, antecedendo o Ensino Fundamental e Médio. As discussões acerca deste nível de ensino foram sempre divididas entre o cuidar e o educar, e continuam sendo; como se pode observar com a proposta do MEC da obrigatoriedade da matrícula das crianças de 4 e 5 anos. E qual é a voz das crianças neste processo? É reconhecido seu direito ao brincar? Existe um diálogo entre os profissionais deste nível de ensino e estas crianças? É partindo destas questões e reconhecendo esta como uma discussão fundamental neste contexto controverso que propomos esta mesa.

Ana Lúcia Goulart de Faria (FE ? UNICAMP)

Maria Carmem Barbosa (UFRGS)

Ligia Aquino (UERJ)

LOCAL: Salão nobre (prédio principal)

QUARTA ? 06/10

9h ? Mesa: ?Arte-educação Como Dimensão da Transformação Social?

EMENTA: Entender que educar é também uma arte implica na necessidade de se vincular o campo das artes ao fazer pedagógico numa perspectiva transformadora. Por isso, o educador deve compreender este potencial das artes e envolvê-lo em sua prática pedagógica, como forma de possibilitar a transformação dos sujeitos. A arte também é uma forma de conhecimento, distinto do conhecimento lógico-conceitual, mas que pode estabelecer com ele relações proveitosas e mais abrangentes em relação à compreensão da vida.

Marcia Strazacappa (FE-UNICAMP)

João Francisco Duarte Jr. (IA-UNICAMP)

Daniel Dobrigkeit Chinellato (Doutorando IA-UNICAMP)

LOCAL: Salão nobre (prédio principal)

14h ? Roda de conversa sobre gênero

LOCAL: ED09 (prédio anexo)

14h ? Roda de conversa sobre cirandas no MST, com o grupo responsável pela ciranda do Assentamento Elizabeth Teixeira em Limeira.

Troca de experiências sobre a prática das Cirandas nos assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

LOCAL: ED02 (prédio anexo)

14h Roda de Conversa sobre ?Juventude e Violência?, com a Pastoral da Juventude

LOCAL: à confirmar

16h ? Roda de conversa sobre educação ambiental, com Livia Moreira Sena e Janaina Santos

Pensando na Educação Ambiental como um viés fundamental para uma perspectiva transformadora, organizamos essa roda no intuito de trazer esse aspecto importante para nossa Semana.

LOCAL: ED10 (prédio anexo)

19h Apresentação do Coral "Açucenas" - Regência de Ana Salvagni - vencedora do Prêmio da Música Brasileira 2010 - Melhor Disco Regional - com o CD "Alma Cabocla" -www.anasalvagni.com.br - Realização: LABORARTE (Laboratório de Estudos sobre Arte, Corpo e Educação)

LOCAL: Salão Nobre (Prédio Principal)

19:30h ? Mesa: ?O Papel dos Movimentos Sociais na Transformação Social?

EMENTA: Essa mesa pretende colocar em discussão o papel dos movimentos sociais na construção da cidadania e responsabilidade para com a sociedade, assim como destacar a necessidade de se pensar uma nova realidade social.

Claudia Praxedes (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra)

Joseane Búfalo (Oposição Sindicato dos Servidores Municipais de Campinas)

Representante ENECOS (Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social)

LOCAL: Salão nobre (prédio principal)

QUINTA ? 07/10

9h ? Roda de conversa sobre educação libertária, com Aline Bagetti e Laisa Guarienti


LOCAL: ED07 (prédio anexo)



9h ? Roda de conversa sobre educação em Freinet


LOCAL: ED01 (prédio anexo)



9h ? Oficina de quadrinhos


Duração: 3h


Número de Vagas: 30


LOCAL: ED10 (prédio anexo)



9h ? FILME *título a confirmar


LOCAL: ED11 (prédio anexo)



14h ? Mesa: "Educação Para a Diversidade"


EMENTA: Para a transformação social é necessária uma educação que rompa com a educação sexista, trabalhando inclusive o preconceito existente em nossa sociedade. Discutir a diversidade sexual é uma necessidade da sociedade e uma obrigação de todos nós educadores.


Deco (Escola Jovem LGBT)


Carmem Lúcia Soares (FEF/Unicamp)


Representante grupo IDENTIDADE


LOCAL: Salão nobre (prédio principal)



19h ? Oficina "Quem conta um conto aprende um tanto", com Livia Pinheiro


A oficina visa sensibilizar os participantes para a arte de contar histórias e introduzir alguns recursos (internos e externos) utilizados pelo contador.


Duração: 3h


Número de vagas: 25


LOCAL: ED03(prédio anexo)



19h ? Oficina: ?O Ensino de Arte na Educação Especial?, com professora Virginia


Duração: 3h


Número de Vagas: 30

LOCAL: ED07 (prédio anexo)


19h  - Oficina ?Vivência em Danças Populares?, com Roberta de Paula Vivência das danças populares: Coco, Ciranda e Samba de roda. A oficina abordará o histórico das danças ( destacando aspectos culturais, sociais e geográficos); vivência dos movimentos básicos característicos dessas manifestações, e também a percepção dos seus respectivos ritmos. Sugerimos que as (os) participantes utilizem roupa confortável, e se possível, levem saia rodada. Breve resumo das danças: O Coco: está presente em vários estados do nordeste brasileiro, e há vários tipos de Coco. Ele é originário do samba e do baiano- herdeiros do batuque africano; uma das hipóteses é que tenha surgido no Quilombo dos Palmares (Alagoas)./ A Ciranda: é um misto de canto e dança, brincadeira e diversão, é dançada por adultos e crianças. A Ciranda, conforme a maioria dos historiadores, é originária de Portugal e começou a ser observada, no Brasil, a partir da zona norte de Pernambuco, sobretudo no município de Goiana-PE , depois espalhou-se por todo o nordeste. / Samba de roda: mistura de música e dança, é variante musical mais primitiva do samba, originário do estado da Bahia, provavelmente no século XIX; estilo musical tradicional afro-brasileiro associado à uma dança, que é acompanhado


por canto e palmas.


Duração: 2h


Número de Vagas:


LOCAL: ED04 (Prédio Anexo)



19h Oficina "Artes: 'algumas' linguagens na Educação Infantil", com Marta Raquel de Araújo Lima Moreira


Duração: 3h


Número de Vagas:


LOCAL: à confirmar



19h ? FILME *título a confirmar


LOCAL: ED14 (prédio anexo)



22h Roda de Samba


LOCAL: No CAP



SEXTA ? 08/10



9h - Oficina de vivências corporais, com Henrique Carioca

Duração: 3h

Número de Vagas: 30

LOCAL: ED03 (prédio anexo)



9h - Oficina de Massoterapia e Relaxamento, com Caroline Florido

Duração: 3h

Número de vagas: 15

LOCAL: LL08 (prédio principal)


9h - CONTINUAÇÃO Oficina de Encadernação, com Carolina Tiemi Odashima e Laura Francozo


LOCAL: ED06 (prédio anexo)

09h - FILME *título a confirmar

LOCAL: ED01 (prédio anexo)


14h ? Tarde Cultural: Exibição e discussão de filmes

LOCAL: Salão nobre (prédio principal)


19h ? Mesa: "Pedagogia para as crianças de 0 a 10 anos: desafio contemporâneo para os direitos à infância"

EMENTA: O ingresso das crianças no Ensino Fundamental têm sido cada vez mais discutido, primeiramente com sua extensão para 9 anos, e atualmente com o projeto de lei 6755/2010, que busca tornar obrigatório a entrada das crianças de 5 anos neste ciclo. Nós educadores devemos debater amplamente o tema para compreender as causalidades destas medidas impostas na aprendizagem destas crianças.

Roberta de Paula (professora rede municipal de Campinas)


Anete Abramowicz (UFSCAR)

Lisete Arelaro ( FE ? USP)

LOCAL: Salão nobre (prédio principal)

22h - Coquetel de Encerramento

LOCAL: no CAP

SÁBADO - 09/10

7h - Saída do ônibus para visita à Escola Nacional Florestan Fernandes (Universidade Popular dos Movimentos Sociais).


Convidamos todos a participar do VI Workshop Produção Escrita e 
Psicanálise, que  desenvolverá a seguinte temática : Movimentos pelo 
escrito: Do medo ao entusiasmo?. Neste ano, discutiremos os diversos 
aspectos envolvidos na possível sustentação apaixonada de uma ação 
docente.
O evento acontecerá nos dias 21 e 22 de outubro de 2010, no Auditório 
da Faculdade de Educação da USP.

As inscrições são gratuitas, e podem ser realizadas acessando-se o 
seguinte link:
http://www3.fe.usp.br/secoes/inst/novo/agenda_eventos/inscricoes/01.asp?num=206

Para maiores informações sobre a programação, acessar nosso site: 
http://paje.fe.usp.br/~geppep/index.htm

Contamos com a participação de todos!
Atenciosamente,
Suelen Gregatti da Igreja - geppep@usp.br
Comissão Organizadora


Fala sobre escravidão


A ESCRAVIDÃO NO BRASIL E NOS ESTADOS UNIDOS É TEMA DA PALESTRA DA ESCRITORA E HISTORIADORA MARY DEL PRIORE NO I CONGRESSO DE ESCRITORES BRASILEIROS "JOAQUIM NABUCO E O NOVO BRASIL", EM NY

 

Está marcada para o dia 22 de outubro a palestra da escritora e historiadora Mary Del Priori sobre Escravidão no Brasil e nos Estados Unidos, na Universidade Columbia - um dos destaques do I Congresso de Escritores Brasileiros em Nova York "Joaquim Nabuco e o Novo Brasil".

 

Autora do recém-lançado Uma breve história do Brasil, em parceria com Renato Venâncio, Mary já fechou outro acordo com a Editora Planeta para a publicações de duas outras obras até 2012.

 

Com início no dia 20 de outubro, o Congresso inclui ainda a "Exposição Nabuco", aberta ao público durante os dias do evento, e o "Prêmio Nabuco", a ser entregue para a melhor obra publicada sobre o político, diplomata, historiador, jurista e jornalista brasileiro, um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras.

 

 

 

 

 


Poema - Viver a margem


Viver a margem

 

Aprendi a falar em código

PCC

UPP

CV

Aprendi a escrever em código

A sofrer em código

O PSJ é que por aqui manda

Em meio às balas perdidas

Aprendi a viver em código

Pois quando ligo a T.V

Não me vejo

Quando leio o jornal

Não me leio

Quando vejo uma revista

Acho graça...que ela não me Veja

Aprendi a conviver com o medo

Mas tenho medo dele

Aprendi a apanhar calado

Pena que a dor não cala

Aprendi a ficar calado

Pena que não me calo

Hoje estou mais forte

Aprendi a viver em código

Pouca gente me codifica

Uma pena que pouca gente

Me codifica...

Codifica-me...agora

Pois já faz tempo

Que não quero mais ficar sozinho

Preso

Mudo

E calado

Samuel C. Costa é poeta em Itajaí

           

Poema: Viver a margem


Viver a margem

 

Aprendi a falar em código

PCC

UPP

CV

Aprendi a escrever em código

A sofrer em código

O PSJ é que por aqui manda

Em meio às balas perdidas

Aprendi a viver em código

Pois quando ligo a T.V

Não me vejo

Quando leio o jornal

Não me leio

Quando vejo uma revista

Acho graça...que ela não me Veja

Aprendi a conviver com o medo

Mas tenho medo dele

Aprendi a apanhar calado

Pena que a dor não cala

Aprendi a ficar calado

Pena que não me calo

Hoje estou mais forte

Aprendi a viver em código

Pouca gente me codifica

Uma pena que pouca gente

Me codifica...

Codifica-me...agora

Pois já faz tempo

Que não quero mais ficar sozinho

Preso

Mudo

E calado

Samuel C. Costa é poeta em Itajaí


 

150 LIVROS PARA AS CRIANÇAS DE BALSA NOVA


PROJETO DE LEITURA


JANSEN e  ORLI, repassaram 150 livros (QUIM KARATÊ) do projeto de leitura para crianças de BALSA NOVA- PR.

DEUS ABENÇOE A TODOS!

PARABÉNS!!!

LANÇAMENTO DO LIVRO INFANTIL "MEU TRENZINHO"





PROMOÇÃO ESGOTADA! EDIÇÃO ESGOTADA! NOVA PROMOÇÃO SOB CONSULTA!
*

PROJETO DE LEITURA CRIANÇA FELIZ!

Estimular e promover a literatura é importante para as crianças!

*

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Inscrições abertas para Mestrados na Uerj.

 

 

Última semana para se inscrever na pós-graduação em História Antiga e Medieval da Uerj

  

 

Estão abertas até o dia 04 de outubro as inscrições para o Curso de Especialização em História Antiga e Medieval do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Uerj. São oferecidas 40 vagas para o ingresso na pós-graduação. Podem participar portadores de diploma de curso de licenciatura ou de curso superior de formação específica em Ciências Humanas e Ciências Sociais.

 

O programa do curso aborda: Teoria e Métodos – Conceitos; Metodologia Aplicada à Documentação; Estudos Orientais, Helênicos, Romanos e Medievais; e Perspectivas Transversais: a recepção da Antiguidade na Modernidade.

 

Será realizado aos sábados, entre os dias 08 de janeiro de 2011 e 08 de janeiro de 2012, das 8h às 18h. Seu valor à vista é de R$ 2.400, ou parcelado em 12 vezes de R$ 200.

 

As inscrições devem ser realizadas no Núcleo de Estudos da Antiguidade, Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão João Lyra Filho, 9º andar, bloco A, sala 9030. Para outras informações, acesse www.cepuerj.uerj.br, telefone (21) 2334-0639 ou envie um e-mail para cepuerj@uerj.br.

 

 

 

 

Uerj inscreve para pós-graduação em Design

 

 

Inscrições abertas para o Mestrado em Design da Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). São oferecidas 12 vagas. Podem participar pessoas com diploma de nível superior, com formação ou experiência em Design ou áreas afins.

 

O curso se estrutura em três linhas de pesquisa: Design e Tecnologia, Design, Teoria e Crítica e História do Design Brasileiro. Interessados têm até o dia 07 de outubro para se inscrever para o processo seletivo na sede da ESDI, na Lapa, Rio de Janeiro (Rua Evaristo da Veiga, 95), entre 14h e 18h. A taxa de inscrição custa R$ 100,00.

 

Para outras informações, acesse www.cepuerj.uerj.br, telefone (21) 2334-0639 ou envie um e-mail para cepuerj@uerj.br.

 

Poema: SER PROFANO

 
 

SER PROFANO

Dhiogo Jose Caetano

 

Ser escuro que busca a tristeza da humanidade; destruindo e promovendo morte, criando sentimentos fatais.

Ele faz parte do mal do século se alia à escuridão, junta se com as trevas da noite e com a maldição dominada em toda a terra, ele se deixa entregar para a perdição onde pode se perder para todo o sempre.

Escuridão ou maldição não se sabe. Mas ele do mau. Há ele é!


dhiogocaetano@hotmail.com

Dilma venceria no primeiro turno hoje, demonstra pesquisa CNI-Ibope

Brasília – A candidata do PT DilmaRousseff venceria no primeiro turno se as eleições fossem hoje, demonstraa pesquisa CNI-Ibope, na avaliação do diretor de Operações da ConfederaçãoNacional da Indústria (CNI), Rafael Lucchesi. Segundo a pesquisa, divulgadanesta quarta-feira, 29 de setembro, Dilma tem 50% das intenções de voto,contra 27% do candidato José Serra, do PSDB, e 13% de Marina Silva, doPV, na lista estimulada. Na votação espontânea, Dilma registra 44%, Serra,21%, e Marina, 10%.

A pesquisa CNI-Ibope detectou elevado crescimentodas intenções de voto em Marina Silva comparativamente ao levantamentoanterior, de junho último.  Na pesquisa espontânea, a candidata doPV cresceu de 3% para 10% e na estimulada o crescimento saiu de 7% na pesquisaanterior para 13%, agora. Na opinião de Lucchesi, o início da propagandaeleitoral gratuita, em agosto, foi preponderante na elevação das intençõesde voto em Dilma Rousseff e Marina Silva.

 “Chama a atenção o crescimento persistentede Marina, enquanto Serra teve significativa redução, mesmo com um tempobem maior no horário eleitoral. Isso pode ser explicado por um uso maiseficiente do tempo de campanha pela candidata do PV”, diagnosticou o diretorde Operações da CNI.

As intenções de voto em José Serra caíramsete pontos percentuais de junho, quando era de 32%, para setembro, napesquisa estimulada. A preferência do eleitorado por candidato de oposiçãoao presidente Luiz Inácio Lula da Silva decresceu de 10%, no levantamentoanterior, para 8%.

A pesquisa CNI-Ibope revela haver aumentado,de 73%, em junho, para 82%, em setembro, o número de pessoas que conhecemDilma Rousseff. Exatamente 93% do universo pesquisado reconhece a candidatado PT como a candidata do presidente Lula, percentual que era de 73% nolevantamento de junho.

De acordo com Lucchesi, “esses números comprovamo sucesso da estratégia de transferir a popularidade do presidente Lulaà candidata Dilma e a grande influência dele no processo eleitoral”. Nasua visão, “a elevada popularidade e aprovação do seu governo contribuírampara esse quadro.”

 Em caso de segundo turno entre Dilmae Serra, a candidata do PT venceria as eleições com 55%, contra 32% dosvotos do candidato do PSDB. Em uma disputa com Marina, Dilma venceria com56%, contra 29%. O levantamento mostra ainda que o PT continua o partidopreferido do eleitor, com 27%, índice que era de 30% na pesquisa CNI-Ibopede junho.

A pesquisa CNI-Ibope, registrada no TribunalSuperior Eleitoral (TSE) com o número 33162/2010, foi realizada entre 25e 27 de setembro com 3.010 pessoas em 191 municípios. O levantamento temmargem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Unicom - Unidade de ComunicaçãoSocial
Sistema Indústria (CNI SESI SENAI IEL)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O arquipélago Gulag

 

O arquipélago Gulag


Tenho-a como testemunha
Imaterial
Imemorial
Do meu tempo
Da minha vida

São arquipélagos a se formar
São multidões aprisionadas
No consumo
Na frente da T.V

São arquipélagos a formar-se
São multidões sem fim.

Por detrás da cortina
De ferro
De aço...
Fui vitimizado
No meu cotidiano
No meu trabalho
Na minha casa

Samuel C. Costa Cronista e poeta em Itajaí/SC


 

 

12 DE SETEMBRO, DIA DE FELICIDADE ESPECIAL PELO ANIVERSÁRIO DO NOSSO QUERIDO EDITOR!


sábado, 11 de setembro de 2010

POETRIX - Silas Correa Leite




POETRIX – Outras Palavras
(Quase Pertencimentos)

“De perto ninguém é normal...” (Caetano Veloso)

****************************

01)-Seda

Quando escurece
Sei que o fazer poético
Íntima seda tece

02)-Parafraseando Maiakovski

Não tem remédio
Melhor morrer de cerveja
Do que de tédio

03)-Solo Auroral

De madrugadinha
O choro do recém-nascido
Parece solo de Pixinguinha

04)-Tentativa de Abismo

Eu ainda desconfio
Que não devo cruzar a ponte
Mas me atirar no rio

05)-Holocausto ISO 2001

Nas ruas da amargura
Despossuídos do neoliberalismo
Mirram, sub-seres...

06)-Paraíso

Quando o mundo acabar
Eu volto para Itararé
Meu sagrado lar

07)-Close Outonal

A borboleta creme
Ao relho do alísio sul
Energizada treme

08)-Fim de Caso

Técnica da Separação
Tu não me amas e dizes sim
Eu te amo e digo não

09)-Riquezas Injustas

Gastava com o cão
O que nunca pagava
Ao operário padrão






10)-Onirismo

Quando escrevo, transcendo
Eu de mim mesmo sendo
O que se me dá havendo

11)-Do Fazer Poético

Sobreviver significa
Metáforas (encantários)
Ritmo e rima rica

12)-Pátria Nada

Brazyl Globalizado
Lucro neoliberal
Do crime organizado

13)-Brasileirinha

A história escancarada
Para a escória: -Sem corrupção
O Brasil capitalista pára!

14)-31.03.64

Muitas vezes
Muitas reses
Muitas Fezes





15)-Mãe Solteira

Sonhando, a bailarina
Engravidou – Mas dançou
A tragédia de sua sina

16)-Clássico

(Violento gado
Preso dentro do estádio
-Gol anulado!)

17)-Louca Varrida

Apaixonou-se pelo zelador
Que não zelou seu amor
E fugiu da casa de si mesma

18)-Eu Era Feliz e Não Sabia

Laranja madura
Na beira da estrada
-Fanta Diet


19)-Para Não Dizer Que Não Falei de Flores

Acostumei-me a ser sozinho
Que quando arrumo companhia
A minha poesia Espinho





20)-“Crente” Nos Anos 60

Santinho de pau oco
Eu amava os Beatles
E Tonico e Tinoco

21)-Restos

Vencida a promissória
Da vida – Deus protesta
O que de ti ainda resta

22)-Capricho Noturno

De noite na cama
Você diz que é feliz
Mas não me ama

23)-O Show Tem Que Continuar

Dançando na corda bamba
Sem sombrinha, a cega
Fica mais perto de Deus

24)-Nódoa Refletida

Olhou-se no espelho
Era outro, de si mesmo
Refém, revel. E lesmo.

25)-Lavandas

Trincando o muro, a chuva
Por um canto velho com húmus
Faz xixi verde nas lavandas


26)-Página do Relâmpago Infinito

Flash, relâmpago elétrico
Deus, de bom humor
Fotografa a camada de ozônio

27)-Nau Catarineta

Descobri, de madrugada
Alma Nau do peito em cruz
Que do jazz nasce a luz

28)-Utopia

Condenado à prisão perpétua
O poeta com seu surrealismo
Morreu – E tornou-se livre

29)-Notívago

O Poeta sem um vintém
Filosofia com desdém
-Há bares que vêm pra bem










30)-Domingo

Na sogra, Domingo
Cerveja, baralho
E macarrão com xingo

(FIM)

Primeira Lavra de Quase Poetrix (Ensaio Número UM)

Silas Corrêa Leite
E-mail:
poesilas@terracom.br
Trabalhos do autor nos sites
www.itarare.com.br/silas.htm
Ou blogues
www.portas-lapsos.zip.net
www.campodetrigocomcorvos.zip.net


quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Os olhos



OS OLHOS
 
Eles são as últimas janelas,
que nas estruturas d' eles ou d'elas
são os faróis de varias cores;
neles estampam-se as alegrias, as magoas,
que secos ou cheios d'agua,
representam alegrias e dores.
Com os Olhos eu vejo
fitando-os transmitem ódio, alegria e desejo
na tristeza eles ficam molhados;
na despedida são fracos e tristes,
na morte eles não existem
porque permanecem para sempre fechados.
no amor são luzes frequentes,
nos inocentes, são vivos e puros,
na juventude são fortes visões,
nos anciões, são faróis inseguros.
com os Olhos, os seres se amam,
com os mesmo olhos, pedem perdão.
olhando aos cegos, curou-lhes os olhos,
olhando a lazaro, deu-lhe a ressurreição.
eles são na verdade os guias do mundo,
de segundo em segundo, no dão direção;
no erro eles mostram a verdade,
na distância distinguem a saudade
no pecado eles pedem perdão.
na desgraça, fitam horripilantes,
no amor são brasas constantes
nos horrores se abrem demais;
nas trevas procuram a luz
e o corpo que ele conduz
leva o homem a gloria e a Paz.
 
João Roberto - Poeta em Ilhota- ilhotaprevjr@hotmail.com


 

terça-feira, 7 de setembro de 2010

PAI NOSSO...


Senhor,
Deste a nós, seres humanos, leis extremamente sábias
que, se fossem observadas, fariam a nossa felicidade!

Se todos seguissem essas leis, reinaria entre nós, a paz e a justiça.
Todos se ajudariam mutuamente, sem jamais causar algum dano
a alguém.

O forte ajudaria o fraco em vez de esmagá-lo, e todos evitariam
cometer os excessos de todos os gêneros...

Os males deste mundo têm origem na violação das leis divinas, porque
toda e qualquer infração tem consequências fatais.

Deus deu ao animal o instinto que lhe dá limites estreitos para lhe
permitir a sobrevivência, e o animal se conforma.

Ao homem Deus deu muito mais... Deu a inteligência, o raciocínio e
o livre arbítrio para escolher entre o bem e o mal; a fim de que o
homem aprenda a ser responsável e possa obter méritos
por suas boas ações.

Ninguém ignora essas leis porque Deus, nosso Pai, providenciou
também para que elas fossem gravadas nas nossas consciências;
independentemente da religião escolhida ou do país em que
vivemos. Aqueles que violam essas leis é porque estão distantes
de Deus.

Mas haverá de chegar o dia que todos praticarão o Bem.
É tudo que Deus espera de nós! Então não haverá mais incrédulos,
porque todos reconhecerão o Senhor, nosso Pai!
E as leis da Terra serão as mesmas leis que existem no Céu.

Esta é a esperança pela qual clamamos todos os dias
no verso da oração:

VENHA A NÓS O VOSSO REINO!

Nair Lúcia de Britto

(Crônica inspirada nas palavras do Evangelho segundo Allan Kardec - Preces)

domingo, 5 de setembro de 2010

CINE ARTE POSTO 4 - REABERTURA DIA 10 DE SETEMBRO

Enc. por: Nair Lúcia de Britto
 

MODERNIZADO, O CINE ARTE SERÁ REABERTO NO PRÓXIMO DIA 10.


Referência cultural santista no que se refere à filmografia alternativa e independente, o Cine Arte Posto 4 reabre suas portas no próximo dia 10, após ampla reforma promovida pela prefeitura, atendendo à reivindicação dos usuários. E nesta data, os amantes da sétima arte poderão assistir ao longa-metragem brasileiro 'Os inquilinos – os incomodados que se mudem', com direção de Sérgio Bianchi.

Esta semana funcionários da Secult (Secretaria de Cultura) davam os últimos retoques na obra. Com público aproximado de 3 mil pessoas por mês, o espaço localizado na Avenida Vicente de Carvalho s/nº, ao lado do canal 3, recebeu inúmeras melhorias, como a restauração da sala de projeção.

O sistema de som também está mais potente: de duas caixas passou a ter sete, sendo três acústicas atrás da tela e mais quatro na lateral da sala onde há divisão de canais.
Os serviços incluíram adequação da parte elétrica da sala de exibição e da cabine de projeção; e reparos hidráulicos nos dois banheiros, onde foram trocados o piso, louças e metais, e os azulejos das paredes. O equipamento ainda recebeu pintura externa e luminárias na fachada.

Novas poltronas
Outra novidade são as 48 poltronas da sala, confeccionadas com forração em couro, na cor laranja. Com verba obtida por meio de emenda parlamentar, o serviço foi feito pela empresa Santa Izabel Industria e Comércio de Equipamentos Cinematográficos, vencedora de licitação, com custo de R$ 23.600,00.

Mantido pela Secult, o Cine Arte exibe filmes sem apelo comercial, de diversas nacionalidades. "Temos uma tela sem preconceitos. São filmes europeus, africanos, brasileiros e iranianos. Ou seja, de qualquer gênero e de todas as temáticas possíveis, visando oferecer à população uma filmografia diferenciada", disse o coordenador do Cine e do Miss (Museu da Imagem e do Som de Santos), da Secult, Nivio Mota.

Matéria publicada no Diário Oficial de Santos - 04/09/2010

cine_arte_setembro_1.jpg


O DEUS DA DOR E DA PERDA

Revista Partes : A sua revista virtual - ISSN 1678-8419 P@rtes (São Paulo) Julgar uma cultura que não é a nossa é sempre muito difícil, pa...