domingo, 22 de maio de 2016

No Dia da África, cantoras brasileiras homenageiam o Centenário do Samba, em show inédito na cidade



Daúde, Paula Lima e Luciana Mello estão entre as atrações confirmadas para a apresentação gratuita que acontece neste mês de Maio
No Dia 25 de Maio, a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial – SMPIR irá promover um show inédito e gratuito em São Paulo para comemorar o Dia da África e homenagear o Centenário do Samba, que é celebrado este ano. O evento conta com apoio da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.
Daúde, Paula Lima, Luciana Mello, Anelis Assumpção, Tereza Gama, Adriana Moreira e Cellia Nascimento se reunirão para uma apresentação única e interpretarão grandes sucessos do samba. O show trará um repertório repleto de canções que foram imortalizadas em vozes de ícones musicais nacionais, como Cartola, Clara Nunes, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Martinho da Vila, entre outros.
Se por muitos anos o ritmo, que é fruto de raízes africanas, existiu na marginalidade, a evolução do estilo transformou o gênero em um verdadeiro patrimônio histórico brasileiro. Hoje, no ano do seu centenário, além de reconhecido mundialmente ele é considerado uma das principais manifestações populares no país. A SMPIR decidiu prestar essa homenagem no Dia da África, com o intuito de também festejar a história do continente africano e valorizar suas contribuições sociais e culturais à sociedade brasileira.
“Queremos fazer um evento memorável e prestar uma homenagem simultânea à África e nossos ancestrais, às mulheres negras e ao samba, que é um dos símbolos da nossa cultura e resistência”, ressalta o Secretário da SMPIR, Mauricio Pestana.
Sobre o Dia da África
O “Dia da África” foi instituído pelas Nações Unidas em 25 de maio de 1972, em reconhecimento da importância da reunião ocorrida dez anos antes, em Adis Abeba, na Etiópia, com a presença de Chefes de Estado africanos que uniram suas forças contra a dominação européia e fundaram a Organização da União Africana (denominada hoje como União Africana -UA) com objetivo de libertar o continente africano do colonialismo e do apartheid, e ainda promover a emancipação do povo africano.
Sobre o Centenário do Samba
Em 2016, o samba completa 100 anos de existência no Brasil, desde que a primeira música foi gravada em 27 de novembro de 1916: a canção “Pelo Telefone” composta por Donga e Mauro Almeida.
Serviço:
Show No Dia da África: Elas cantam o samba – Uma homenagem ao Centenário do Samba
25/05/2016 - Quarta-Feira – 19h30
Theatro São Pedro
Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 - Campos Elíseos – SP
Entrada Gratuita
Importante: Ingressos limitados. Retirada nas Bilheterias do Theatro a partir do dia 24/05 (10h às 20h) e no dia 25/05 (10h às 20h). Máximo de dois ingressos por pessoa.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Eleição democrática define representantes dos movimentos de moradia no CMH

Neste domingo, 15/05, a população de São Paulo escolheu, por voto livre e direto, os 16 conselheiros de associações comunitárias e organizações populares de moradia que integrarão o Conselho Municipal de Habitação (CMH). O conselho é responsável por deliberar sobre a política habitacional da cidade, como a destinação de recursos para construção de conjuntos habitacionais, regularização fundiária e urbanização de favelas. A disputa ocorreu entre três chapas, representantes de 41 entidades. Foram 58 pontos em 32 subprefeituras e 26 escolas municipais.


No total foram 24.663 votos, sendo 23.489 votos nominais, 113 votos brancos e 1.061 votos nulos. A chapa 101 “Moradia e Reforma Urbana” a mais votada com 15.793 votos. A segunda mais votada foi a chapa 303 “Democracia e Luta” com 4.003 votos. E na terceira posição a chapa 202 “Movimento Popular MOP 100% Compromisso” com 3.693 votos. Todo o processo foi acompanhado por uma Comissão Eleitoral do Conselho, formada por representantes do poder público, sociedade civil e movimentos populares. Pelos resultados a Chapa 101 teria direito a 11 conselheiros, mas como ela inscreveu somente 9 candidatos titulares, as demais vagas foram distribuídas proporcionalmente, com a Chapa 202 ficando com 3 conselheiros e a chapa 303 com 4 conselheiros.
Confira no site de Sehab a distribuição dos conselheiros a distribuição dos conselheiros eleitos, por chapa. Cabe destacar que entre os 16 titulares, 12 são mulheres, invertendo a lógica tradicional da política institucional, em que as mulheres costumam ser sempre subrepresentadas.

O secretário municipal de habitação, João Whitaker, e o Presidente da Cohab-SP, Geraldo Juncal, acompanharam o processo eleitoral e visitaram diversos pontos de votação. Eles agradeceram a colaboração e o empenho dos servidores de Sehab, Cohab-SP, Subprefeituras, Secretaria de Educação, Guarda Civil Metropolitana e Prodam, que com seu trabalho contribuíram para o sucesso da eleição.

Conselho Municipal de Habitação (CMH)

O Conselho Municipal de Habitação é composto por 48 representantes, todos com mandato de dois anos (2016-2018). São 16 representantes eleitos pelas entidades populares de moradia, 16 indicados pela sociedade civil (universidades, sindicatos e organizações não governamentais) e 16 representantes do poder público, das esferas municipal, estadual e federal. O conselho tem caráter consultivo, fiscalizador e deliberativo.
Os conselheiros acompanham e avaliam a gestão econômica, social e financeira dos recursos e o desempenho dos programas e projetos aprovados, além da utilização de recursos dos governos federal, estadual, municipal ou mesmo repassados por meio de convênios à Secretaria Municipal de Habitação. Outra atribuição do órgão é a definição de critérios de atendimento habitacional provisório.
Os 16 indicados pelo poder público são representantes da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP) e das secretarias municipais de Habitação, de Planejamento, de Licenciamento, de Desenvolvimento Urbano, de Finanças, de Habitação, além da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU). Já os 16 representantes da sociedade civil são indicados por associações empresariais da área de habitação, sindicatos e ONGs.

domingo, 8 de maio de 2016

"Deus, eu entrego em Suas mãos os caminhos dos pequeninos"





MÃE
DEUS escolheu algumas mulheres para ser mãe.
ELE é perfeito e sabe o que faz.
Para evitar sofrimento maior, nem todas as mulheres são mães ou passam rápido por essa jornada.

O que não se pode aceitar é o tom de penúria:
Ex: "Fui pai e mãe dos meus filhos".

Esse jargão deve ser suprimido porque PAI é PAI e MÃE é MÃE!

Exercer a criação de filhos é outra coisa: 

"Criar" pode ser atribuição de parente próximo ou até de pessoas desconhecidas.


No caso de algum problema atrapalhar a criação conjunta de um filho pelo pai e mãe, é preciso entregar a função da outra parte à DEUS.

Assim, os filhos não serão filhos da dificuldade, sacrifício ou sobrecarga pois serão assumidos pelo melhor PAI ou MÃE que existe, cuida, ama, prepara, consola, santifica e salva.

FELIZ DIA DAS MÃES!

DEUS abençoe a todos, especialmente as mães.
DEUS console cada mãe e cada filho que não tem mais um ao outro.

Claudia Regina (NINA)

www.partesmirim.blogspot.com.br





domingo, 1 de maio de 2016

O MÊS DE MAIO TAMBÉM É MÊS DE AMOR PORQUE LEMBRA AS MÃES E LEMBRA A FAMÍLIA!

NO DIA 1º  DE  MAIO É COMEMORADO   O   DIA   DO   TRABALHO!




Resultado de imagem para gifs dia do trabalho Resultado de imagem para gifs dia do trabalho



O MÊS DE MAIO TAMBÉM É MÊS DE AMOR PORQUE LEMBRA AS MÃES E LEMBRA A FAMÍLIA!



FELIZ DIA DAS MÃES, MAMÃE!

VOCÊ É O EXEMPLO DE ESFORÇO E DEDICAÇÃO PARA A FAMÍLIA FELIZ!

EU TE AMO.




*** DIA DAS MÃES***

O passado não é certeza do futuro, mas foi necessário existir para a construção do presente!




Um pouco de recordação: "MATERNIDADE"




*** A MATERNIDADE SE COMPLETA QUANDO ENTREGAMOS OS NOSSOS FILHOS à DEUS!"




Vejam o tamanho da minha barriga!***AMO TODOS ESSES MOMENTOS! ****  Com a minha bebê quase chegando...
a animação da festa continuou garantida de muita alegria!





"Para mim, a maternidade é um momento de "escrever" a rotina pensando no bem-estar
infantil!"

  "Assim, paralelamente aos compromissos profissionais e acadêmicos, o desafio foi
atender o crescimento das meninas com a minha pouca experiência e doces sonhos!"















***VIVA O DIA DAS MÃES!



Tivemos dias de brincadeiras, bichinhos, músicas e até resfriado....








***A MAMÃE FICOU MUITO FELIZ COM O DESFILE E A PREMIAÇÃO DE SUAS FILHAS!


***Meus dias de MAMÃE foram muito felizes!
Tivemos dia de festa de gala e de passagem de aniversário....







SER MÃE É VIVER AMANDO OS SEUS FILHOS! Mesmo que alguma tristeza apareça, o AMOR deve ser muito maior! Sempre!

             Quando as meninas estavam maiores e eu retomando as atividades profissionais, ocorreu um acidente inesperado com a minha filha mais velha. Ela de moto, pilotando corretamente na rua principal, recebeu o impacto de um veículo e foi arremessada num canteiro e ao asfalto... Nós tínhamos planos... sonhos.... eu fui mãe tão jovem... tão menina tive a minha primeira filha... Quem esqueceu de me avisar que mãe sofre pelos filhos... com a dor dos filhos! O acidente de trânsito ocorreu perto de nossa casa... teve testemunhas... mas eu não estava perto enquanto a minha filha em desespero gritava o meu nome... e gritava: MÃE!  MÃE! MÃE!.... Um outro motoqueiro que presenciou o acidente (FERNANDO), pegou o celular da minha filha e encontrou o meu marido que chegou rápido e chamaram o SAMU.
            Houve o ato ilícito do condutor, pois cruzou a preferencial mas não assumiu a responsabilidade. Sozinhos realizamos os cuidados para com a nossa filha. Ela precisou de intervenção cirúrgica, veio um estado de choque e a minha filha ficou dormente e quando acordou somente movia os olhos. Seu cabelo, cheio de sangue e grama, foi "picotado com tesoura" para a higiene. Usou sonda, fralda geriátrica, cadeira de rodas, banheiro adaptado, caiu com as moletas, usou andador...  Foi muito difícil esse tempo e nova intervenção cirúrgica após um ano para retirar seis parafusos e placa de metal da perna. Graças a Deus que as sequelas são insignificantes perto do que temos: A VIDA!  










Resultado de imagem para A PAZ NO TRÂNSITO É UMA RESPONSABILIDADE DE TODOS NÓS



Resultado de imagem para A PAZ NO TRÂNSITO É UMA RESPONSABILIDADE DE TODOS NÓS


Resultado de imagem para A PAZ NO TRÂNSITO É UMA RESPONSABILIDADE DE TODOS NÓS


Resultado de imagem para A PAZ NO TRÂNSITO É UMA RESPONSABILIDADE DE TODOS NÓS






Por isso, não existe alegria maior do que olhar ao redor e ver que lutas vieram, tivemos vitórias e injustiças, mas fizemos a NOSSA PARTE!







FAZER O MELHOR POSSÍVEL E JAMAIS DESISTIR! Mesmo que não esteja fácil ou que os obstáculos pareçam gigantes... assim como tem sido muito difícil a retomada familiar e profissional em minha vida... ainda tento me alegrar e busco objetivos, porque existiu aquele dia  ao fim de um trabalho ao lado de uma MÃE ou de uma FILHA! Isso é, no meu estilo particular: vida, emoção e alegria!





FELIZ DIA DAS MÃES!




A importância cultural e comercial para o mundo (e para o Brasil

Eles nos influenciam na língua, nos hábitos e nos negócios. Especialista fala de oportunidades aos brasileiros
ENTREVISTADO: Jorge Mortean é Geógrafo formado pela USP, Mestre em Estudos Regionais do Oriente Médio pela Academia Diplomática do Irã, Professor de Relações Internacionais da FAAP e Consultor Estratégico de Negócios entre Brasil e Oriente Médio pela Mercator Business Intelligentsia – www.mercatorbusiness.com 
1 - O QUE REPRESENTA PARA O MUNDO A REGIÃO QUE COMPREENDE O ORIENTE MÉDIO? 
Em princípio, o chamado "berço civilizatório" compreendia a área que é geograficamente conhecida como Levante Fértil, englobando a Mesopotâmia (hoje Iraque e Síria), o Líbano e o Irã, dada a alta descarga hídrica (montante de chuvas e neve), uma vez que a água é um elemento vital à humanidade, especialmente naquela região extremamente árida. 
Os povos originais puderam desenvolver, a partir do advento do fogo, técnicas agrícolas, linguagem verbal e, principalmente com a invenção da roda, a expectativa de vida aumentou significantemente, proporcionando melhor longevidade e qualidade de vida àquelas populações. 
Com isso, cientificamente, todas as bases que temos hoje de Química, Farmacêutica, Alimentação, Física, Matemática, Geografia, Astronomia, Navegação, Engenharia e Arquitetura, tiveram origem naquela região. Culturalmente, influências nos campos como Política, Filosofia, Monoteísmo religioso e Linguística são marcantes no Ocidente até hoje. 
Além dessas contribuições históricas, o Oriente Médio é hoje atrativo por seus grandes números: sua área total é aproximadamente equivalente ao território brasileiro (8 milhões de km²), com solos, climas e biomas distintos; sua população computa cerca de 400 milhões de habitantes e o PIB regional, segundo o FMI, gira em torno de US$ 4 trilhões, com ótima previsão de crescimento em 3%, ao ano, até 2017. 
Podemos citar, ainda, que a região do Oriente Médio é importante por suas enormes reservas financeiras, provindas de receitas com a exportação de hidrocarbonetos (gás natural e petróleo) e por sua localização estratégica - a região serve de entreposto entre Europa, África e Ásia, o que a faz extremamente estratégica. 
2 - QUAIS ECONOMIAS PODEM TRAZER GRANDES NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS PARA OS EMPRESÁRIOS BRASILEIROS? 
Pode-se dizer que há, principalmente, duas economias extremamente interessantes neste momento: Irã e Egito. O Irã vive uma reforma política e econômica sem precedentes: conseguiu reconquistar sua confiança com o Ocidente e, como reconhecimento, teve US$ 100 bilhões, reativados em fundos de investimentos internacionais. Ou seja, a nação persa hoje dispõe de uma gigantesca linha de crédito, o que a torna economicamente muito mais interessante que nossos vizinhos aqui na América do Sul. 
Somado a isso, segundo dados de 2014 do FMI, a paridade do poder de compra "per capita" dos iranianos é maior que a dos brasileiros, colombianos e indonésios - ou seja: 78 milhões de habitantes agora sairão avidamente às compras, e como o país permaneceu isolado até o mês passado, a demanda por produtos e serviços será enorme agora com o fim das sanções que abatiam os iranianos. 
O Irã necessita renovar tecnologicamente seu grande parque industrial e também melhorar a dinâmica logística e comercial, tendo o Brasil aí uma grande oportunidade de investimentos. 
Já o Egito, o fator de atração é a estabilização política e a renovada dos laços estratégicos com o Ocidente. Com sua imensa população (91 milhões de habitantes) e com uma economia que retoma taxas de crescimento, o país se configura como um enorme mercado a produtos e serviços brasileiros, já que carece de indústrias e o comércio, após anos de estagnação econômica, ainda se encontra insipiente. 
Numa segunda categorização, há dois países, em particular, que valem um enfoque especial: o Omã, por seus investimentos em infraestrutura e excelentes relações diplomáticas com todos os países da região, podendo servir de entreposto comercial para todo o Oriente Médio, bem como o Líbano, que, apesar de sua pequena população, tem uma economia dolarizada, sendo uma atração não só a grupos de investimentos como também às nossas exportações. 
Além destes países, há destaques já corriqueiros na nossa balança comercial, porém não menos importantes, de outras potências econômicas e demográficas da região, como Turquia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, com demandas sempre crescentes. 
Por fim, aos investidores mais audaciosos, dois países merecem atenção: Iraque e Afeganistão. A reconstrução destes dois países tem sido um chamariz de investimentos, em todos os setores, e, por incrível que pareça, o risco é muito baixo, já que a demanda é altíssima e a concorrência é (ainda) praticamente nula. 
3 - CULTURA: O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE O ORIENTE MÉDIO PARA ENTENDER SUA RELAÇÃO COM O MUNDO OCIDENTAL? 
Basicamente, precisamos saber que o Oriente Médio foi desestabilizado (e ainda o é) em questões bem pontuais e geograficamente bem localizadas, especificamente por interferência estrangeira (ocidental, sobretudo). 
Antigamente, as disputas territoriais eram decorrentes da expansão demográfica, dado ao aumento da qualidade de vida daqueles povos. No entanto, isso não refletia necessariamente conflitos étnicos-culturais, como atualmente. O fato é que os interesses ocidentais baseados no nosso estilo de vida (dependência extrema ao petróleo e gás natural) jogaram os povos uns contra os outros, criando uma terrível "dança de fronteiras" e diretamente geraram conflitos de cunho social, que são politicamente muito difíceis de, primeiro, se compreender e, segundo, de solucionar. 
As divisões políticas atuais no Oriente Médio são fruto da intervenção direta ocidental. Com exceção do Irã, que corresponde ao antigo Império Persa, os demais países tiveram seus limites artificialmente demarcados pelos interesses ocidentais nos recursos naturais da região. 
A incisão política ocidental fez com que povos e religiões se separassem, criando mal-estar político entre os países recém-estabelecidos, após a importância econômica que o petróleo tomou para o Ocidente. Propositalmente, foram estabelecidos governos-fantoches, extremamente autoritários e gananciosos, que hoje para nada se preocupam com o bem-estar social - o que levou à tanta pobreza e, portanto, conflitos.  
4 - CITE ALGUMAS CURIOSIDADES QUE POUCOS BRASILEIROS SABEM: 
Assim como um brasileiro e um guatemalteco têm pouco em comum, um saudita e um iraniano têm menos ainda. É preciso ter em mente que o Oriente Médio, por ter sido nosso berço civilizatório, é uma região marcada pelo seu belo multiculturalismo. A região é plural em grupos étnicos (sobretudo, semitas, persas e turcos), religiões e suas ramificações (muçulmanos sunitas e xiitas, judeus, assírios, caldeus, cristãos ortodoxos, zoroastristas, entre outros) e línguas (árabe, curdo, turco, persa, hebraico e armênio). Não só porque se mora a algumas centenas de quilômetros do vizinho é que ambos são a mesma coisa. 
Armênios, libaneses e sírios que emigraram ao Brasil no começo do século passado foram apelidados de "turcos", pois suas nações, naquela época, estavam sob ocupação e domínio do antigo Império Turco-Otomano, atual Turquia. Porém, esse termo soa bem pejorativo aos ouvidos desses imigrantes e seus descendentes. Há de se tomar cuidado! 
Outra curiosidade é que em grande parte dos países onde a população majoritariamente é muçulmana, os finais de semana caem na quinta-feira e na sexta-feira. Já em Israel, o final de semana cai na sexta-feira e no sábado
Ao contrário do que se pensa, viver nos centros urbanos do Oriente Médio é muito seguro. A violência urbana é praticamente zero! E a população é absolutamente gentil para com os brasileiros, principalmente. Temos uma ótima fama por lá! 
Atenção: Pechinchar é obrigatório no comércio de bazares e de rua. Os lojistas se recusam a vender àqueles que não insistem! 
Já, no mundo dos negócios, negociações comerciais com os locais muitas vezes duram quatro horas; um período longuíssimo aos olhos e paciência ocidentais, não é mesmo? Essa é a arte de negociar em um outro tempo e espaço: o deles. 
A palavra "saudade", que só existe na língua portuguesa, deriva do persa "sar dard", literalmente "cabeça que dói" (dor-de-cabeça), pois os navegadores portugueses, quando chegaram à Pérsia (atual Irã) em 1502, observaram que os habitantes locais levavam a mão à cabeça quando sentiam nostalgia por algo. Outra modificação que o persa trouxe ao português foram os dias comerciais da semana. Antes, a língua portuguesa observava as regras latinas, como no francês, espanhol e italiano, onde os nomes dos dias da semana coincidem com uma ordem astronômica. O persa e o português, portanto, são as duas línguas do mundo onde o comércio (as "feiras") determinou tal nomenclatura
5 - QUAIS PRODUTOS E SERVIÇOS SÃO MAIS PROCURADOS PELOS EMPRESÁRIOS DO ORIENTE MÉDIO? E QUAIS DEMANDAS PARA EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS E SERVIÇOS A MERCATOR BUSINESS INTELLIGENTSIA PROCURA, AQUI NO BRASIL? 
O Brasil tem uma grande oportunidade ao exportar os seguintes produtos: cosméticos, carnes bovinas e apinas, soja, milho, açúcar, frutas tropicais, próteses ortopédicas, instrumentação médica, utensílios domésticos, máquinas de automação, autopeças e aviões. 
Já os serviços, merecem destaques as nossas franquias de alimentação e vestuário.

Revista Partes

http://www.partes.com.br/2017/11/01/poema-fora-de-moda/ Poema Fora de Moda Gilda E. Kluppel No vestuário comercial calças de boca de sino...